Domingo, 25 Fevereiro 2018 | Login
 Sena Madureira/Acre
INÍCIO SOBRE

Apagão: Luz da Delegacia de Sena Madureira é cortada quando Emylson Farias falava sobre Segurança Pública Destaque

Esta não é a primeira vez que o prédio teve o serviço suspenso. Por conta do corte um procedimento de flagrante foi interrompido

A Luz do prédio provisório da Delegacia de Polícia Civil do município de Sena Madureira foi cortada na manhã desta terça-feira (7) no mesmo instante em que o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, participava de um reunião com parlamentares e lideranças da FPA.

A equipe do corte da Eletrobras não perdoou. O valor da dívida ainda não foi  informado à imprensa. Segundo informações, esta não é a primeira vez que o prédio teve o serviço suspenso. Por conta do corte um procedimento de flagrante foi interrompido.

O assunto foi tema na Assembleia Legislativa do Acre. O deputado Gehlen Diniz (PP) disse que Emylson Farias foi a Sena Madureira camuflar dados da Segurança Pública e foi surpreendido pelo corte de energia no prédio da Delegacia. “Estão brincando de fazer segurança no nosso Estado”, exclamou o parlamentar.

Uma outra dívida, esta milionária, foi cobrada pelo parlamentar, com relação ao Sistema Integrado de Gestão Operacional, o SIGO, retirado do ar por falta de pagamento à empresa que dar manutenção. “Hoje todo mundo é inocente porque o Estado não tem um sistema próprio de informações. Isso é brincar de fazer segurança”, acrescentou o deputado.

Para Diniz, o “Governo está às cegas”. De forma irônica, o progressista disse que apoia a candidatura de Emylson Farias ao Palácio Rio Branco, “somente assim ele deixa a pasta da segurança, o que já devia ter feito há muito tempo”, destacou.

Gehlen foi aparteado pelos deputados de oposição, que também criticaram o setor pedindo mudanças urgentes por parte do governo. Nenhum deputado do bloco governista defendeu Emylson Farias.

Fonte: www.Contilnetnoticias.com.br

000

About Author

Entre para postar comentários