Domingo, 21 Janeiro 2018 | Login
 Rio Branco/Acre
INÍCIO SOBRE
Redação

Redação

Quinta, 31 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quinta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuinta/p31_041R/f00000082017-08-31T00:00:00+00:00310020178.31am31UTC.p12p

Encontro de Mulheres Indígenas abre com o tema segurança alimentar e gestão ambiental

O Encontro de Mulheres Indígenas no Acre iniciou nesta terça-feira, 29, no Centro de Formação dos Povos da Floresta, na Estrada Transacreana. O evento é promovido pela Organização de Professores Indígenas do Acre (OPIAC), Associação do Movimento dos Agentes Agroflorestais Indígenas do Acre (Amaaiac) e Comissão Pró-Índio do Acre (CPI/Acre), em parceria com a Rede de Cooperação Amazônica e o governo do Estado.

Mais de 60 mulheres indígenas representantes de 25 povos, do Acre, Roraima, Amapá, Amazonas, Mato Grosso e da região de Madre de Dios (Peru), participam do encontro que se estende até o dia 31, quinta-feira.

O encontro pretende promover a troca de experiências e visões entre as mulheres indígenas e contribuir para dar visibilidade e fortalecimento à participação na vida produtiva, cultural, espiritual e política das aldeias e dos povos indígenas.

Na abertura, a secretária de Estado de Políticas para as Mulheres do Acre, Concita Maia, apresentou os programas e ações dirigidas às mulheres indígenas desenvolvidas pelo governo.

Francisca Arara coordenadora da Opiac e Malu Uchoa da CPI deram as boas vindas e ressaltaram a importância do encontro.

“Pretendemos definir diretrizes ou linhas de apoio aos trabalhos das mulheres indígenas, fortalecer laços e bem como trocar experiências sobre a questão da segurança alimentar que estão sendo afetadas pelas mudanças climáticas”, disse Francisca.

Fonte:www.Agencia.ac.gov.br

Quarta, 30 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-30T00:00:00+00:00310020178.30am31UTC.p12p

Pimenta: “Alan deu aula de bom senso ao não colocar vice-candidatura como cavalo de batalha”

Uma aliança coesa e um palanque bem montado aumentam as chances da oposição

Bom senso

Deputado federal Alan Rick (DEM) deu uma oportuna demonstração de bom senso ao afirmar, com palavras diferentes, que não fará de sua pretensa indicação a vice na chapa de Gladson Cameli (PP) um cavalo de batalha.

Tino

O discernimento de Alan serve de exemplo àquelas pessoas cujas declarações públicas depõem contra o esforço dos líderes da oposição em unificar a aliança para as eleições de 2018. Parodiando o velho ditado, não basta estar unido: há que passar ao eleitor a mensagem de que essa união é pra valer.

Passando batido

E enquanto se antecipa uma discussão inócua para o momento, perde-se a oportunidade de tirar proveito do dilema petista que consiste em retardar o anúncio do seu pré-candidato ao governo.

Desmistificação

A potoca segundo a qual a existência de quatro nomes da Frente Popular a disputarem a primazia de concorrer à sucessão de Tião Viana decorre do senso de democracia dos companheiros necessita ser desconstruída com veemência.

Queda de braço

O fato é que os irmãos Viana medem forças dentro do governo – um deles a insistir no nome de Marcus Alexandre, o outro a resistir à intromissão. A questão por lá é estabelecer quem manda e quem deve obedecer.

Acintoso

Um detalhe importante: indicar o secretário de Segurança Pública do Estado como pré-candidato ao governo é uma grave provocação em tempos de violência galopante e incontroláveis ações de facções criminosas. Eis outro acinte do governador petista a necessitar de esclarecimento público.

Imprudência como risco

Questões como essas é que carecem de exposição, ao invés de se recorrer à imprensa para abordar assuntos concernentes aos acordos intrapartidários. A imprudência de poucos põe em risco as oportunidades dos demais.

Cartilha política

Além do mais, não se tira candidato a vice da cartola. Trata-se de alguém que precisa gozar da inteira confiança do candidato majoritário, além de outros requisitos essenciais.

Questão de lógica

Ao que parece, o mais importante tem sido ignorado pela inépcia dos arengueiros: uma aliança coesa e um palanque bem montado aumentam as chances de eleição dos candidatos proporcionais. Quem não consegue enxergar o óbvio deveria escolher outra atividade à qual se dedicar.

Proativo

O deputado federal Moisés Diniz (PCdoB) tem se mostrado um parlamentar ativo. E sua atuação em Brasília revela que os assuntos aos quais se dedica são de grande relevância para o Acre.

Diferença

Tendo assumido a vaga de Sibá Machado (PT), Moisés comprova o acerto da mudança operada no âmbito da FPA. Enquanto este leva a sério a função de representar os interesses do eleitor acreano, aquele nos envergonhava com seu histrionismo circense.

Nem o Tiririca

Sibá ficou estigmatizado graças aos seus delírios persecutórios, que consistiam em atribuir à CIA todos os pecados cometidos pelos companheiros de partido. Nem o palhaço Tiririca poderia ter sido mais cômico.

Falta paciência

A antecipação do debate político por parte da oposição, no que se refere à escolha do vice na chapa de Gladson, é um erro amador. Os interessados na indicação precisam aprender que resiliência é uma grande virtude em política.

Blecautes

Rio Branco voltou a sofrer com a falta de energia elétrica na tarde desta terça-feira (29). Já em Cruzeiro do Sul, os clientes das empresas de telefonia e internet ficaram mais uma vez sem acesso aos serviços.

Haja paciência!

Em resumo, o Acre dos “grandes avanços” propalados pela mídia governamental não dispõe, sequer, do mínimo necessário para avalizar o discurso oficial. Resta-nos suportar as muitas patacoadas do governo.

Fonte:www.Contilnetnoticias.com.br

Quarta, 30 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-30T00:00:00+00:00310020178.30am31UTC.p12p

Prefeito Ilderlei Cordeiro decreta Estado de Emergência devido seca do Rio Juruá

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, decretou estado de emergência no município, devido a seca do Rio Juruá. A cidade viveu no início do ano a maior cheia já registrada na história, sendo necessário decertar estado de calamidade.

Em contrapartida, neste período o rio secou tanto que está dificultando desde a navegação, ate mesmo o abastecimento de algumas localidades, que dependem exclusivamente do rio.

“Realmente estamos em uma situação delicada, temos dois caminhões que abastecem com água o nosso município e não está dando conta. Diversas famílias estão solicitando, principalmente na 307, 364, na Praia Grande, além das escolas que também estão precisando, temos que dispensar as crianças mais cedo”, contou o prefeito.

De acordo com Cordeiro, foi necessário solicitar o apoio do governo federal diante da seca que aflige o município.

Não podíamos ficar de braços cruzados sabendo que o governo federal poderia nos ajudar com isso, através da Defesa Civil Nacional. Temos o planejamento de pedir a construção de poços artesianos nas emendas parlamentares, outro de aumentar a rede de agua onde já existe, mas apareceu essa emergência e não poderíamos ficar de braços cruzados”, explicou o prefeito.

O pedido emergencial tem duração de seis meses, de acordo com o prefeito Ilderlei.

“A seca envolve quase dois meses, mas como temos que fazer prestação de contas com os recursos, pedimos para seis meses essa demanda. Esse tempo é o que imaginamos, mas só quem sabe é Deus, pois com essas mudanças climáticas nunca sabemos quanto pode durar o verão”, completou.

Fonte:www.juruaonline.net

Quarta, 30 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-30T00:00:00+00:00310020178.30am31UTC.p12p

Tião Viana e presidente da Infraero discutem possibilidades de voos internacionais no Acre

O governador Tião Viana se reuniu nesta terça-feira, 29, em Brasília, com o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Antonio Claret, para conversar sobre a possibilidade de atrair empresas nacionais e estrangeiras a atuarem com voos internacionais no Acre.

Segundo Tião Viana, já há uma possibilidade de uma empresa estrangeira realizar um voo direto entre Lima, no Peru, e Rio Branco. Antonio Claret se animou com a ideia e prometeu apoio no levantamento a outras empresas pela possibilidade de voar internacionalmente através do Acre.

Tião Viana tem se encontrado frequentemente com membros da Infraero e da Anac para agilizar os processos burocráticos necessários para o serviço. O governo do Acre tem procurado transformar o estado numa rota internacional de turismo pela proximidade de fronteira com outros países, além da reforma e ampliação do aeroporto de Rio Branco, que contará agora com terminais de embarque e desembarque adequados para viagens ao exterior.

Entre as novas melhorias disponibilizadas aos usuários do aeroporto está a ampliação da área de desembarque de 352,6 m² para 1.396 m², com duas novas esteiras de restituição de bagagem. Após a conclusão total dos trabalhos, a área do terminal de passageiros será de 12,8 mil m², ampliando a capacidade de 1,3 milhão de passageiros para 2,4 milhões de embarques e desembarques por ano. Somando as reformas na pista e terminal, os investimentos no aeroporto de Rio Branco chegam na casa dos R$ 150 milhões.

Parceria com os Bombeiros

O governador também tratou de reforçar uma parceria entre a Infraero e o Corpo de Bombeiros do Acre nos aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul que trata do desenvolvimento de atividades especializadas de prevenção, salvamento e combate a incêndios tanto em aeronaves, quanto nas instalações.

Tião Viana solicitou um reforço no convênio para a manutenção dos serviços e o presidente Antonio Claret declarou que irá analisar o caso.

O governador Tião Viana se reuniu nesta terça-feira, 29, em Brasília, com o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Antonio Claret, para conversar sobre a possibilidade de atrair empresas nacionais e estrangeiras a atuarem com voos internacionais no Acre.

Segundo Tião Viana, já há uma possibilidade de uma empresa estrangeira realizar um voo direto entre Lima, no Peru, e Rio Branco. Antonio Claret se animou com a ideia e prometeu apoio no levantamento a outras empresas pela possibilidade de voar internacionalmente através do Acre.

Tião Viana tem se encontrado frequentemente com membros da Infraero e da Anac para agilizar os processos burocráticos necessários para o serviço. O governo do Acre tem procurado transformar o estado numa rota internacional de turismo pela proximidade de fronteira com outros países, além da reforma e ampliação do aeroporto de Rio Branco, que contará agora com terminais de embarque e desembarque adequados para viagens ao exterior.

Entre as novas melhorias disponibilizadas aos usuários do aeroporto está a ampliação da área de desembarque de 352,6 m² para 1.396 m², com duas novas esteiras de restituição de bagagem. Após a conclusão total dos trabalhos, a área do terminal de passageiros será de 12,8 mil m², ampliando a capacidade de 1,3 milhão de passageiros para 2,4 milhões de embarques e desembarques por ano. Somando as reformas na pista e terminal, os investimentos no aeroporto de Rio Branco chegam na casa dos R$ 150 milhões.

Parceria com os Bombeiros

O governador também tratou de reforçar uma parceria entre a Infraero e o Corpo de Bombeiros do Acre nos aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul que trata do desenvolvimento de atividades especializadas de prevenção, salvamento e combate a incêndios tanto em aeronaves, quanto nas instalações.

Tião Viana solicitou um reforço no convênio para a manutenção dos serviços e o presidente Antonio Claret declarou que irá analisar o caso.

Fonte:www.Agencia.ac.gov.br

Quinta, 10 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quinta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuinta/p31_041R/f00000082017-08-10T00:00:00+00:00310020178.10am31UTC.p12p

Jovem é encontrado morto com vários tiros, amarrado e amordaçado na capital

O corpo de um jovem, cuja identidade ainda é desconhecida, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (9), por um grupo de amigos que participavam de uma pescaria, na região do Ramal do Panorama, zona rural de Rio Branco. A vítima, estava com os pés e mãos amarradas com cordas e amordaçado com um pedaço de tecido aparentando ser uma blusa. No corpo do rapaz, foi possível constatar vários ferimentos de arma de fogo.

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada pelos homens, e a área foi isolada até a chegada da perícia criminal. Uma equipe de peritos do Instituto Médico Legal (IML), e outra da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foram deslocadas ao local. Moradores de chácaras próximas de onde o cadáver foi localizado, acreditam que o jovem tenha sido sequestrado por alguma facção, executado e “desovado” no ramal.

Fonte: Folha do Acre

 

Quarta, 09 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-09T00:00:00+00:00310020178.09am31UTC.p12p

Mais três balsas irão fazer travessia de caminhões no Rio Madeira, diz PRF

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Acre, Cezar Henrique, participou de uma reunião com o gerente de balsas de Rondônia, onde ficou decidido que a partir desta quarta-feira (9), mais três balsas seriam disponibilizadas para fazer a travessia de carretas e caminhões no Rio Madeira.

O manancial, que enfrenta uma seca histórica e dificulta a travessia de balsas, vêm causando quilômetros de congestionamento na BR-364. O inspetor afirma ainda, que mais dois atracadores devem ser construídos nas margens do rio.

“Dessa forma, espera-se que a situação seja atenuada, devido as dificuldades de navegacao causadas pela seca, a travessia demora cerca de 2 horas. Informamos ainda que será mantida uma equipe da PRF na área para garantir a segurança e a ordem”, disse Henrique.

Fonte: Folha do Acre

Quarta, 09 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-09T00:00:00+00:00310020178.09am31UTC.p12p

Substitutivo de Alan Rick garante implantação de Zona Franca em Cruzeiro do Sul

Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 9, na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS), o deputado federal Alan Rick garantiu a aprovação do seu substitutivo ao PL 1.955/2015, que define a criação da Zona Franca de Cruzeiro do Sul.

“Alteramos o projeto original, de autoria do deputado Rocha, para que agora passe a ter um enclave de livre comércio com as especificações de uma real zona franca, tornando o projeto ainda mais favorável para geração de emprego e renda em Cruzeiro do Sul e no Acre como um todo”, disse o deputado acreano.

O projeto inicial defendia a criação do equivalente a uma Área de Livre Comércio (ALC) no município de Cruzeiro Sul, que já goza desses benefícios. Em suas ponderações do relatório, Alan Rick justifica que os incentivos fiscais neste caso não são tão abrangentes como em Zonas Francas. Segundo ele, o objetivo do modelo empregado em Manaus (AM), por exemplo, não se restringe ao estímulo à exportação, estendendo benefícios também ao comércio com o mercado doméstico.

“Além disso, não há uma legislação única que regule a conformação e o funcionamento das áreas de livre comércio, como ocorre com a Zonas Francas e as Zonas de Processamento de Exportação. Defendemos e conseguimos aprovar na Comissão essa alteração, que favorece a geração de emprego e renda no Juruá”, disse Alan Rick
 
Quarta, 09 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-09T00:00:00+00:00310020178.09am31UTC.p12p

Agentes Penitenciários encontram celulares dentro de televisão de preso

Quatro celulares, carregadores, micro chips e cartões de memória foram encontrados no interior de uma TV de Led, que foi entregue pela irmã de um presidiário que cumpre pena na Unidade Prisional Manoel Nery da Silva, em Cruzeiro do Sul.

De acordo com informações repassadas pela direção da penitenciaria, os agentes teriam desconfiado de alguns objetos estranhos, detectados por meio de Raio X no interior do aparelho eletrônico.

“A visitante deixou a televisão nesta segunda, irmã de um reeducando, e durante o procedimento de rotina foi percebido alguns objetos estranhos dentro do aparelho de televisão. Tivemos que passá-la no raio-x, para constatar esses objetos ilícitos, foi feita a abertura e logramos êxito em subtrair esses objetos para os presos. Eles estavam incluídos no tubo de imagem da televisão. A visitante e o preso já foram identificados e nós vamos tomar as medidas administrativas”, contou o coordenador de segurança Aslan Barbosa.

Fonte:www.Juruaonline.net.com.br

Quarta, 09 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-09T00:00:00+00:00310020178.09am31UTC.p12p

Três ônibus escolares foram incendiados na cidade de Porto Acre

Na noite desta segunda-feira (8), marginais atearam fogo em três ônibus escolares no município de Porto Acre. De acordo com informações da polícia, os ônibus estavam no estacionamento da Secretaria Municipal de Educação, quando o vigia sentiu o cheiro de queimado e foi ver do que se tratava.

Os ônibus já estavam tomados pelo fogo e a polícia foi acionada, mas nada pôde fazer, pois no município não tem Corpo de Bombeiros. As autoridades já têm suspeitas dos criminosos que podem ter causado o crime, as investigações continuam.

Fonte:www.Contilnetnoticias.com.br

Quarta, 09 Agosto201700: 00 - C2017800000000Quarta31UTC 123131p://p12p.8UTC31/08am8000000amQuarta/p31_041R/f00000082017-08-09T00:00:00+00:00310020178.09am31UTC.p12p

Polícia prende mais sete por ataques a ônibus na capital

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira, 8, mais sete pessoas envolvidas nos atentados contra os ônibus e por também tentar incendiar imóveis em Rio Branco, na noite de sábado, 5.

As detenções ocorreram nos bairros Taquari e Recanto dos Buritis, região do Segundo Distrito. Entre os presos está o homem que, segundo o serviço de inteligência da Segurança, seria um dos coordenadores dos ataques registrados no último fim de semana.

A ofensiva policial das forças de segurança do Acre está acontecendo, simultaneamente, em vários pontos de Rio Branco e no interior do Estado e conta com o apoio do Exército Brasileiro.

Durante a operação de terça-feira, foram recuperadas duas motos, uma delas com restrição de roubo, e um carro modelo Fiat Strada, roubado nesta terça-feira. A polícia também aprendeu um revólver 38, usado pelos criminosos.

O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), prestou apoio na ação policial que prendeu sete por ataques contra a sociedade acreana.

“É uma diretriz do governo do Estado e a orientação é para que todas as forças de segurança vá as ruas. Um trabalho intenso está sendo desenvolvido por parte da inteligência, que trabalha com diversas informações para chegar aos acusados de executarem os ataques criminosos”, destacou o diretor de Polícia Civil da Capital e do Interior (DPCI), Nilton Boscaro.

Segundo o secretário Emylson Farias, esse conjunto de esforços permitiu a prisão de diversas pessoas com ligação ao crime organizado e também recuperação de veículos, além de patrimônio subtraído.

“Estamos trabalhando diuturnamente, investigando cada passo dado por esses inimigos da sociedade, com o fito de pendê-los e colocá-los a disposição da justiça”, finalizou Farias.

Fonte:www.Agencia.ac.gov.br

Pagina 1 de 98