Segunda, 23 Outubro 2017 | Login
 Rio Branco/Acre
INÍCIO SOBRE

Tião Viana e presidente da Infraero discutem possibilidades de voos internacionais no Acre Destaque

O governador Tião Viana se reuniu nesta terça-feira, 29, em Brasília, com o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Antonio Claret, para conversar sobre a possibilidade de atrair empresas nacionais e estrangeiras a atuarem com voos internacionais no Acre.

Segundo Tião Viana, já há uma possibilidade de uma empresa estrangeira realizar um voo direto entre Lima, no Peru, e Rio Branco. Antonio Claret se animou com a ideia e prometeu apoio no levantamento a outras empresas pela possibilidade de voar internacionalmente através do Acre.

Tião Viana tem se encontrado frequentemente com membros da Infraero e da Anac para agilizar os processos burocráticos necessários para o serviço. O governo do Acre tem procurado transformar o estado numa rota internacional de turismo pela proximidade de fronteira com outros países, além da reforma e ampliação do aeroporto de Rio Branco, que contará agora com terminais de embarque e desembarque adequados para viagens ao exterior.

Entre as novas melhorias disponibilizadas aos usuários do aeroporto está a ampliação da área de desembarque de 352,6 m² para 1.396 m², com duas novas esteiras de restituição de bagagem. Após a conclusão total dos trabalhos, a área do terminal de passageiros será de 12,8 mil m², ampliando a capacidade de 1,3 milhão de passageiros para 2,4 milhões de embarques e desembarques por ano. Somando as reformas na pista e terminal, os investimentos no aeroporto de Rio Branco chegam na casa dos R$ 150 milhões.

Parceria com os Bombeiros

O governador também tratou de reforçar uma parceria entre a Infraero e o Corpo de Bombeiros do Acre nos aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul que trata do desenvolvimento de atividades especializadas de prevenção, salvamento e combate a incêndios tanto em aeronaves, quanto nas instalações.

Tião Viana solicitou um reforço no convênio para a manutenção dos serviços e o presidente Antonio Claret declarou que irá analisar o caso.

O governador Tião Viana se reuniu nesta terça-feira, 29, em Brasília, com o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Antonio Claret, para conversar sobre a possibilidade de atrair empresas nacionais e estrangeiras a atuarem com voos internacionais no Acre.

Segundo Tião Viana, já há uma possibilidade de uma empresa estrangeira realizar um voo direto entre Lima, no Peru, e Rio Branco. Antonio Claret se animou com a ideia e prometeu apoio no levantamento a outras empresas pela possibilidade de voar internacionalmente através do Acre.

Tião Viana tem se encontrado frequentemente com membros da Infraero e da Anac para agilizar os processos burocráticos necessários para o serviço. O governo do Acre tem procurado transformar o estado numa rota internacional de turismo pela proximidade de fronteira com outros países, além da reforma e ampliação do aeroporto de Rio Branco, que contará agora com terminais de embarque e desembarque adequados para viagens ao exterior.

Entre as novas melhorias disponibilizadas aos usuários do aeroporto está a ampliação da área de desembarque de 352,6 m² para 1.396 m², com duas novas esteiras de restituição de bagagem. Após a conclusão total dos trabalhos, a área do terminal de passageiros será de 12,8 mil m², ampliando a capacidade de 1,3 milhão de passageiros para 2,4 milhões de embarques e desembarques por ano. Somando as reformas na pista e terminal, os investimentos no aeroporto de Rio Branco chegam na casa dos R$ 150 milhões.

Parceria com os Bombeiros

O governador também tratou de reforçar uma parceria entre a Infraero e o Corpo de Bombeiros do Acre nos aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul que trata do desenvolvimento de atividades especializadas de prevenção, salvamento e combate a incêndios tanto em aeronaves, quanto nas instalações.

Tião Viana solicitou um reforço no convênio para a manutenção dos serviços e o presidente Antonio Claret declarou que irá analisar o caso.

Fonte:www.Agencia.ac.gov.br

000

About Author

Entre para postar comentários