Domingo, 22 Abril 2018 | Login
 Rio Branco/Acre
INÍCIO SOBRE

Em Brasília, Tião Viana consegue investimentos para saúde acreana Destaque

Tião Viana se reuniu na capital federal com ministro da Saúde, Agenor Álvares, e o governador do Piauí, Wellington Dias (Foto: Cedida)

Ainda em Brasília durante toda esta quinta-feira, 5, o governador Tião Viana realizou uma série de visitas na capital federal na busca de recursos e investimentos, dessa vez para a saúde e o desenvolvimento econômico do Acre. O governador começou o dia numa reunião com o ministro interino da Saúde, Agenor Álvares, que também contou com a participação do governador do Piauí, Wellington Dias.

O ministro assegurou a liberação do pagamento dos convênios do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) e do Hospital de Brasileia. Também foram tratadas a ampliação da fábrica de camisinhas de Xapuri e a habilitação de serviços de alta complexidade do Hospital do Juruá.

Em seguida, Tião Viana se reuniu com o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), João Pedro da Costa. Foi tratada a continuidade do programa Água Para Todos, que está em atuação no Acre desde 2014 e prioriza o acesso universal da água, principalmente para o consumo humano e para comunidades rurais que estejam em estado de vulnerabilidade social.

Outras conquistas

Continuando sua peregrinação em Brasília, o governador ainda teve uma agenda na secretaria Executiva do Ministério da Fazenda. Tratou-se da prorrogação das dívidas com os bancos públicos. Atualmente, quem contraiu empréstimo até 2008 terá um ano a mais para pagar a dívida. Tião Viana faz parte do grupo de políticos que tenta junto ao ministério alongar esses benefícios para empréstimos contraídos após 2008.

Em seguida, Tião foi à Secretaria Executiva do Ministério do Planejamento, onde voltou a tratar sobre a instalação de uma superintendência própria no Acre do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

O governador ainda teve uma videoconferência com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, para tratar da Bienal do Livro, prevista para setembro no Acre.

Via:Agência de Notícias do Acre

000

About Author

Itens relacionados (por tag)

  • Leilão de veículos pelo Detran acontece hoje em Tarauacá
    Acontece hoje, às 8h, 10 de maio, no Clube do Sinteac em Tarauacá, o leilão de 36 veículos, sendo, 35 motos e 01 carro modelo Fiat Uno, promovido pelo Detran. Todos esses veículos foram apreendidos pela polícia, por conta de seus proprietários não cumprirem com as determinações do Código de Trânsito Brasileiro - CTB.
     
    As pessoas que arrematarem os veículos irão recebê-los devidamente documentados já em seus nomes e todas as pendências que por ventura possam ter, como multa, por exemplo, deverão serão desvinculadas do veículo e colocadas no nome do antigo proprietário.
     
    Os veículos arrematados deverão ser entregues no prazo de 24 horas após o leilão com licenciamento e o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) quitados até a data do evento, acrescenta o Detran-AC.
     
    No Estado do Acre inteiro, 11 leilões de veículos que devem ocorrer durante este ano em Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó, Brasileia, Plácido de Castro, Acrelândia e Sena Madureira. De acordo com o Detran-AC, o primeiro deve ocorrer na capital acreana no dia 19 de abril. A estimativa é que aproximadamente 600 veículos sejam leiloados, incluindo automóveis, motocicletas e sucatas. O órgão acrescenta que os interessantes devem acompanhem as publicações dos editais de credenciamento e visitação ao local dos veículos apreendidos, procedimentos indispensáveis. Podem participar pessoa física ou jurídica, com a apresentação de identidade, CPF ou CNPJ.
     
    Confira as datas dos leilões:
    Rio Branco: 19 de abril;
    Cruzeiro do Sul: 03 de maio;
    Tarauacá: 10 de maio;
    Feijó: 12 de maio;
    Brasileia: 07 de junho;
    Rio Branco: 13 julho;
    Plácido de Castro: 04 de agosto;
    Acrelândia: 09 de agosto;
    Sena Madureira: 30 de agosto;
    Cruzeiro do Sul: 04 de outubro;
    Rio Branco: 25 de outubro.
     
    Blog do Accioly
  • Jogo de baralho termina com taxista esfaqueado

    No final da manhã desta quarta-feira (04), um taxista acabou com uma facada no pescoço, após entrar em discussão com um colega da mesma categoria, durante um jogo de baralho que disputavam. O fato aconteceu em uma parada de ônibus localizada em frente ao Mercado Elias Mansour, Centro de Rio Branco.

    De acordo com informações de testemunhas que presenciaram o ocorrido, a vítima, mais conhecido como “Peruano”, teria se exaltado durante o jogo e atingido o suspeito com um tapa no rosto, este por sua vez, após uma discussão, saiu de cena por algum tempo e retornou em posse de uma arma branca. Após desferir um golpe no pescoço da vítima, o suspeito que seria um moto-taxista, fugiu tomando rumo ignorado.

    Uma unidade do serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e conduziu Peruano ao Pronto Socorro em estado considerado grave, devido ter perdido muito sangue e a facada ter atingido veias importantes.

    A Polícia Militar também compareceu ao local para a coleta de informações e saiu em busca do suspeito.

    O caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil da primeira regional.

    Fonte:ContilNet

  • Alan Rick aprova requerimento para reivindicar vagas para médicos brasileiros no programa mais médicos

    A Comissão de Educação aprovou o Requerimento 162/2016 apresentado pelo deputado federal Alan Rick (PRB), na manhã desta quarta-feira (4). O documento solicita audiência pública conjunta com a Comissão de Seguridade Social e Família para esclarecer as denúncias de que os médicos brasileiros formados no exterior estariam sendo preteridos nos editais de convocação para o Programa Mais Médicos em benefício dos médicos cubanos. A lei 12.871/2013 estabelece os critérios para a ocupação das vagas no programa.

    O Art. 13 diz: "É instituído, no âmbito do Programa Mais Médicos, o projeto Mais Médicos para o Brasil, que será oferecido:

    I - aos médicos formados em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no País;

    II - aos médicos formados em instituições de educação superior estrangeiras, por meio de intercâmbio médico internacional.

    Parágrafo 1° A seleção e a ocupação das vagas ofertadas no âmbito do projeto Mais Médicos para o Brasil observarão a seguinte ordem de prioridade:

    I - médicos formados em instituições de educação brasileiras ou com diploma revalidado no país, inclusive os aposentados;

    II - médicos brasileiros formados em instituições estrangeiras com habilitação para o exercício da Medicina no exterior; e

    III - médicos estrangeiros com habilitação para o exercício da Medicina no exterior.

    Ocorre que o item II do parágrafo primeiro vem sendo desobedecido nos editais de convocação e as vagas remanescentes vem sendo direcionadas via portaria para os médicos cubanos. "Ora, o programa tem um alcance inestimável, porém colocou-se uma exigência que beneficia apenas os médicos cubanos", afirma o deputado.

    O edital n° 8 de 14 de abril de 2016 do Ministério da Saúde em seu item 2.5.7 estabelece a seguinte exigência:  "O país de exercício profissional do médico deve apresentar relação estatística médico/habitante com índice igual ou superior a 1,8/1000 conforme Estatística Mundial de Saúde da OMS, a ser verificado pelo Ministério da Saúde".

    "Ora, tal exigência me parece premeditada e direcionada para beneficiar somente um tipo de médico: o cubano. Primeiro porque trata os brasileiros formados no exterior como se estrangeiros fossem, incluindo-os na estatística de um país estrangeiro. Segundo porque somente Cuba, Argentina e México na América Latina atendem a esse requisito", pontua Alan.

    "O que queremos: que se cumpra a Lei. Que a lei seja simplesmente respeitada e que os médicos brasileiros formados no exterior tenham isonomia de tratamento para acessar o programa Mais Médicos", finaliza. O requerimento foi aprovado e subscrito por vários deputados na Comissão.

    Assessoria

Entre para postar comentários