Quarta, 23 Maio 2018 | Login
 Plácido de Castro/Acre
INÍCIO SOBRE

Moradores de Plácido de Castro sofrem com fumaça causada por caroços de açai incinerados Destaque

A população do município de Plácido de Castro vem sofrendo com a grande quantidade de fumaça causada pelas queimadas. De acordo com o morador Bruno Oliveira, as queimadas começaram em um terreno baldio próximo de várias residências, inclusive da sua. Nesse terreno, as fábricas de açaí descartam os caroços da fruta após a extração das polpas, esses resíduos estão servindo como combustível das chamas.

“Não sabemos quem provocou a queimada no terreno, mas o fogo chegou até os caroços de açaí e já está com aproximadamente oito dias que esses caroços vêm queimando em carreira, dia e noite, produzindo fumaça. À noite, a situação ainda é bem pior, devido a umidade, não tem vento algum e a nuvem de fumaça fica acumulada e a gente não consegue dormir com problemas respiratórios e muita tosse”, disse o morador.

Bruno ressalta que essa situação vem afetando 80% da população de Plácido e nenhuma medida foi tomada pelas autoridades competentes. Além disso, está cada dia mais difícil conviver com a grande quantidade de fumaça, cheiro forte de queimada e o calor insuportável.

Os moradores apelaram pedindo aos funcionários das fábricas que não jogassem mais resíduos nos terrenos baldios, mas mesmo sabendo o transtorno que isso vem causando, não tomaram nenhuma providência e continuam jogando os caroços nos terrenos.

“Eu creio que os responsáveis que jogam esses caroços de açaí no terreno não tomaram providências. Porque ano que vem o terreno vai estar limpo depois dessas queimadas, mas o Corpo de Bombeiros nem apareceu para apagar o fogo e agora vão ter mais espaço para descartar mais e mais os resíduos, como acontece todos os anos. Mas como este ano o rio não encheu para levar os caroços, a solução foi queimar e a população é quem sofre”, completou Bruno.

De acordo com o major Falcão, do Corpo de Bombeiros em Rio Branco, foi realizada pesquisa no sistema de registros dos últimos dez dias e nenhuma ocorrência sobre essa situação específica foi encontrada.

                                                                                                    Fonte:Contilnetnoticias

000

About Author

Entre para postar comentários