Terça, 22 Maio 2018 | Login
 Cruzeiro do sul/Acre
INÍCIO SOBRE

Testemunha afirma que caminhonete passou por cima de motociclista morto após acidente Destaque

A estudante Ruberlene dos Santos presenciou o acidente que ocasionou a morte do jovem Elair Lopes, de 23 anos. Ela estava em sua motocicleta na esquina da Rua Newton Prado com a Avenida Lauro Muller, e afirma que após a moto se chocar com a caminhonete, o carro ainda passou por cima da vítima. Um vídeo do circuito de segurança de uma loja mostra o momento do acidente, a caminhonete desce a ladeira da Maternidade, na Avenida Lauro Muller e o motorista tenta fazer uma conversão a esquerda para a rua Newton Prado, quando o motociclista vem rápido e bate no veículo. A caminhonete segue devagar e a roda passa por cima da motocicleta, e parece passar por cima da vítima também.

“Eu vinha e quando parei no cruzamento já vi a colisão, a forte batida, e no que ele caiu no chão a caminhonete passou por cima do tórax dele. Ele saiu do carro, eu pedi para ele manter a calma, mas não vi o momento que ele fugiu, mas disseram que ele saiu correndo”, contou.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levado ao Pronto Socorro, mas não resistiu. O exame cadavérico no IML foi realizado pelo médico Fábio Pimentel, ele fala das lesões que ocasionaram a morte do jovem.

“Ele teve uma lesão importante de uma artéria na região do pescoço, na região cervical, teve um traumatismo craniano e uma fratura de fêmur, perdeu bastante sangue e teve as complicações que o levaram a óbito. Nas lesões não tinha nenhuma marca de pneu, roda, mas como eu disse, o trauma foi grande e tudo tem que ser averiguado”, relatou o médico.

A caminhonete é um veículo oficial da Secretaria de Saúde de Rodrigues Alves, o motorista é um senhor identificado por Camilo. Ele alega que saiu do local devido ao grande números de pessoas que chegavam ao local após o acidente. O advogado Emerson Soares é quem tem mantido contato com a delegacia até o momento. Ele informou que o cliente está sob efeito de remédios, e só vai se apresentar nos próximos dias , quando tiver condições.

“Ele está muito abalado porque a vítima é uma pessoa da amizade do Camilo. O seu Reginaldo é uma pessoa de frequentar a casa e tudo, então ele está muito abalado, e está sedado, acompanhado pelo filho dele que é médico, e está sem a mínima condição de prestar esclarecimento neste momento. Procurei a delegacia, deixei o endereço e os telefones e em momento nenhum ele vai se furtar da responsabilidade que ficar responsabilizado”, relatou o advogado.

Fonte:www.juruaonline.net

000

About Author

Entre para postar comentários