Domingo, 25 Fevereiro 2018 | Login
 Brasiléia/Acre
INÍCIO SOBRE

Sintesac emite nota de repúdio à tentativa de homicídio contra enfermeiro em Brasileia Destaque

 

 

O Sindicato dos Trabalhadores em Saude do Estado do Acre (Sintesac) vem a público se solidarizar ao enfermeiro lotado no Hospital de Brasileia que, no último dia 29 de novembro, foi vítima de uma tentativa de homicídio, praticada por um paciente.

Ao mesmo tempo, repudiamos veementemente a situação de completo descaso com a segurança de todos profissionais que prestam serviço na rede estadual de saúde. O que já foi objeto de diversas denúncias por parte deste Sindicato, bem como ressaltamos que se nenhuma medida enérgica, urgente e eficaz for tomada no sentido de resguardar a vida destes servidores públicos, fiquem certos de que muitas vidas ficarão sob risco de morte.

Se for preciso, faremos uma greve como nunca antes houve na história deste Estado, porquanto, apesar do fracasso da Gestão em oferecer, no mínimo, um ambiente de trabalho protegido, não iremos ficar de braços cruzados diante desta onda de violência que vem ocorrendo quase todos os dias nas dependências dos hospitais públicos, tanto por parte de certos pacientes quanto por parte de alguns acompanhantes, sem falar nos bandidos que invadem nossos locais de trabalho para praticar delitos.

Assim, pedimos também que as autoridades competentes façam algo para proteger o nosso colega enfermeiro de Brasileia, pois tivemos notícia de que a pessoa que atentou contra a sua vida foi solta no dia seguinte, embora tenha sido presa em flagrante, portando, inclusive, a arma de fogo que utilizou no crime. Deixando assim o nosso colega e outros servidores sob o risco constante de serem novamente vítimas do mesmo criminoso.

Ademais, afirmamos a todos servidores que estaremos acompanhando o caso para garantir que estes fatos não sejam esquecidos, bem como estamos entrando em contato com a Sesacre para marcar uma reunião de urgência, a fim de encontrar solução adequada para resolver esta questão da falta de segurança nas unidades de saúde.

Fonte;www.Contilnetnoticias

000

About Author

Entre para postar comentários