Quarta, 23 Maio 2018 | Login
 Assis Brasil/Acre
INÍCIO SOBRE

Arma de fabricação Russa é apreendida em Assis Brasil

Ao abordar um veículo no Centro de Assis Brasil, os militares encontraram uma espingarda calibre 12 com seis cartuchos (Foto: Cedida)

A Polícia Militar do Acre (PMAC) apreendeu em Assis Brasil, distante cerca de 330 quilômetros da capital, uma espingarda calibre 12 de fabricação russa. A arma de fogo foi encontrada por militares que atuam na região, durante a operação Semana Santa realizada pelo Comando de Policiamento Operacional III (CPO-III), responsável pela área.

De acordo com as informações, os policiais militares realizavam uma blitz na noite do último domingo, 27, na Rua Raimundo Chaar, no Centro da cidade. Ao abordar um veículo Ford Fiesta, de cor vermelha, foi localizada uma espingarda calibre 12 com seis cartuchos intactos.

O condutor e o passageiro do veículo receberam voz de prisão e foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil de Assis Brasil para que fossem tomadas todas as providências referentes ao crime, bem como identificar como e aonde essa arma de fogo foi adquirida.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PMAC

 

000

About Author

Itens relacionados (por tag)

  • Agentes de Segurança Pública realizam revista no presídio da capital

    Origem dos objetos apreendidos durante a revista será investigados pelo Iapen e Polícia Civil (Fotos: Pablo Mendes/Assessoria PMAC)

    Profissionais da Segurança Pública do Estado realizaram nesta sexta-feira, 01, uma revista no Complexo Penitenciário de Rio Branco. A ação foi coordenada pelo Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Polícia Militar do Acre (PMAC), por meio da Companhia Independente de Policiamento de Guarda (Cipg).

    Ao todo, foram encontrados, dentre eles 22 celulares, carregadores e chips, uma faca, 700g de maconha em barra, 12 trouxinhas e 22 tabletes de maconha, 50 trouxinhas de cocaína, um aparelho de DVD, além de uma mistura fermentada artesanal, mais conhecida como “Maria Louca,”.

    A revista foi realizada pelos agentes penitenciários e policiais militares de três unidades especializadas. A operação também contou com a participação de cães farejadores da Companhia de Policiamento com Cães (CPCães), e do Centro de Treinamento de Cães Penitenciários (CTCP) que ajudaram a identificar a localização de grande parte dos entorpecentes encontrados.

    De acordo com capitão PM Kleison Albuquerque que esteve coordenando a ação, o principal objetivo é a segurança do sistema penitenciário. “A intenção é retirar de dentro dos pavilhões, todo e qualquer objeto, que possa ligar os detentos às pessoas cometidoras de crimes que estão em liberdade e inibir tudo aquilo que possa reduzir a garantia de segurança dos próprios presidiários e dos agentes de segurança pública que trabalham diretamente nesse setor,” explicou o subcomandante do Cipg.

    Com informações da Ascom PMAC

  • Polícia Militar apreende três armas de fogo em menos de 12 horas

    Armas foram apreendidas no Segundo Distrito, Baixada da Sobral e Centro da capital (Fotos: Cedidas)

    A Polícia Militar do Acre (PMAC) tirou de circulação, em menos de 12 horas, três armas de fogo. As apreensões aconteceram em várias regiões da capital. Dois adultos foram presos e um adolescente de 17 anos também foi apreendido.

    A primeira apreensão ocorreu na noite de terça-feira, 29, após abordagem de rotina de policiais do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) a estudantes no Ramal Benfica, bairro Vila Acre. Na ocasião, foi encontrado com um adolescente de 17 anos, um revólver calibre 22 com sete munições intactas.

    Revólver calibre 38 com três munições intactas (Foto: Cedida)

    A segunda arma foi apreendida na madrugada de quarta-feira, 30, por uma guarnição do 3º BPM, durante um patrulhamento de rotina. Os policiais avistaram um cidadão que, ao notar a presença da viatura, tentou se evadir, porém, os militares conseguiram capturar Wjaison Araújo, 22, com um revólver calibre 38 com três munições intactas.

    Revólver calibre 38 com cinco munições, uma faca tipo peixeira apreendidas durante ocorrência no centro da Capital (Foto: Cedida)

    Já na manhã desta quarta-feira, 30, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada, além de uma faca tipo peixeira, foi encontrado em poder de um cidadão, durante uma ocorrência de ameaça, no Centro de Rio Branco. O criminoso ainda tentou se evadir, mas os militares do 1º Batalhão conseguiram abordá-lo e prendê-lo.

    Em todos os casos, os flagranteados e as armas apreendidas foram encaminhadas às delegacias competentes, para que todos os procedimentos necessários fossem tomados.

    Com informações da Assessoria de Comunicação da PMAC

     

  • Policiamento Escolar retoma trabalho preventivo

    A ação é desenvolvida em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), que, mediante convênio, disponibiliza viaturas para que o patrulhamento preventivo seja realizado de acordo com o calendário letivo da rede pública de ensino (Foto: Assessoria PMAC)

    Com o objetivo de garantir maior segurança nas escolas das áreas urbana e rural de Rio Branco o Trabalho de policiamento preventivo é retomado na capital. Na oportunidade foram entregues mais três viaturas caracterizadas com o símbolo do Policiamento Escolar à Polícia Militar do Acre (PMAC).

    A ação é desenvolvida em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), que, mediante convênio, disponibiliza viaturas para que o patrulhamento preventivo seja realizado de acordo com o calendário letivo da rede pública de ensino. O comandante do Policiamento Operacional I (CPO I) [responsável pela capital], tenente-coronel Marcos Kinpara, esteve à frente da entrega das viaturas e fez questão de mencionar a importância da retomada da presença policial nas escolas.

    “Manter uma boa relação com os gestores e todas as pessoas que fazem parte do universo escolar é extremamente importante para a Segurança Pública, tendo em vista que fortalece a criação de mecanismos que objetivam aumentar a sensação de segurança dentro da comunidade escolar”, explicou Kinpara.

    Segundo o coordenador do Policiamento Escolar, capitão Edvan Rogério, o efetivo de policiais empregado nessa modalidade será exclusivo para atender toda e qualquer natureza de ocorrências nos colégios. “Com o objetivo de garantir maior segurança e prevenir crimes, continuaremos trabalhando com a presença policial preventiva e palestras dentro das escolas de Rio Branco. Firmaremos uma relação estreita com os gestores para trazer melhorias para a segurança dos estudantes”, enfatizou Edvan.

    Com informações da Assessoria de Comunicação da PMAC

Entre para postar comentários