Domingo, 25 Fevereiro 2018 | Login
 Acrelândia/Acre
INÍCIO SOBRE

Vigilância Epidemiológica do Acre nega possível surto de H1N1 na cidade de Acrelândia

Sesacre nega que pacientes estejam contaminados com H1N1(Foto: Acrelândia News)

Após notícia em um site local de Acrelândia, sobre um possível surto de H1N1 no município, a Secretaria Estadual de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica do Acre nega a informação

“A informação não procede, ontem enviamos uma equipe para orientar os profissionais quanto a notificação de casos suspeitos, manejo dos pacientes, coleta de amostras e dispensação de tamiflu. Form identificados 03 suspeitas. Temos que ter cuidado com as informações divulgadas a fim de não criar pânico na população, esclarece Eliane Alves, chefe da Vigilância.

Ainda de acordo com a Vigilância, no próximo dia 30 será iniciada a campanha de vacinação. “Conto com o apoio de todos para alcançarmos a meta nos grupos prioritários, além disso, os médicos Thor Dantas e Martone vão iniciar uma série de entrevistas na mudança a fim de alertar sobre a prevenção. Me coloco a disposição para quaisquer esclarecimentos”, completou Eliane.

A Sesacre se posicionou após um site de Acrelândia divulgar que um médico da cidade alertou sobre o possível surto da doença na cidade. De acordo com o site, o médico afirmou que o município apresentou cerca de 60 casos suspeitos de H1N1.

Segundo o site, o caso se agravou no domingo (3), quando cerca de 12 pacientes procuraram a unidade de saúde de Acrelândia com suspeita do vírus.

Com informações da Contilnet

000

About Author

Itens relacionados (por tag)

  • Polícia Civil identifica e prende dois por roubo a comércio em Acrelândia

    Elaildo Salazar Cavalcante, 18, e Edinei Ribeiro de Paiva, 26 (Foto: Cedida)

    Policiais civis no município de Acrelândia identificaram e prenderam na madrugada desta sexta-feira, 15, Elildo Salazar Cavalcante, 18, e Edinei Ribeiro de Paiva, 26, vulgo “Kekeu”, pelo crime de assalto à mão armada a um comércio no último domingo, 10. 

    Após o fato, o trabalho de investigação dos agentes de polícia naquele município apontou que “Kekeu” foi o principal autor da ação, que, juntamente com Elildo, invadiu uma padaria e levaram os pertences das pessoas que estavam no local, como: celulares, dinheiro e relógios.

    A autoridade policial representou pela prisão dos indivíduos. Mandados estes que foram concedidos pela justiça e cumpridos pelo titular daquela unidade, delegado Marcos Cabral, com apoio da guarnição da Polícia Militar, que lograram êxito nas prisões. Elildo foi preso em via pública, na Rua José de Jesus, e Edinei presos em uma casa localizada na Rua Maria Francisca Ferreira, periferia de Acrelândia.

    “Estamos em alerta a qualquer ação delituosa em nosso município, é o braço forte do Estado presente para manter a ordem e a paz social de forma contundente no combate à criminalidade”, declarou Cabral.

    Com informações da Ascom da Polícia Civil

  • Acrelândia

    Acrelândia é um município brasileiro do interior do estado do Acre. Sua população estimada em 2014 era de 13 613 habitantes.

    A primeira cidade planejada do Acre foi elevada a categoria de município através da lei estadual n° 1.025, de 28 de abril de 1992, criado a partir do desmembramento de partes dos municípios de Plácido de Castro e Senador Guiomard. Com o slogan de a Princesinha do Acre, Acrelândia alcançou um grande desenvolvimento agrícola e teve um aumento populacional significativo proveniente de migrações recentes oriundas do centro-sul e sul do Brasil, mas ainda é um município que está em fase de crescimento nas áreas de educação, saúde, agricultura e infraestrutura, como todo o Estado do Acre.7

    Fonte: Wikipédia

Entre para postar comentários